Relação entre ansiedade e modulação autonômica cardíaca

Giovanni Vieira Pinheiro, Eli Carlos Martiniano, Guilherme Correia Alcântara, José Ramon Alcântara da Silva, Maria do Socorro da Silva, Larissa Raylane Lucas Monteiro, Luana Bezerra Mangueira, Yasmim Mota de Moraes, Vitor Engrácia Valenti, Milana Drumond Ramos Santana

Resumo


A ansiedade é caracterizada pelo sentimento de tensão, nervosismo, apreensão e preocupação que pode alterar a modulação do sistema nervoso autônomo sobre a condução elétrica ligada ao coração, determinando a intensidade nos batimentos cardíacos modificando a variabilidade da frequência cardíaca que é um importante indicador de condições normais e patológicas. Assim, o objetivo do estudo foi analisar a relação existente entre a ansiedade e o processo de regulação autonômica cardíaca. Este estudo trata-se de uma revisão integrativa desenvolvido por meio de buscas nas bases de dados da Lilacs, Medline e SciELO, com os descritores em ciências da saúde e operador booleano: ansiedade AND frequência cardíaca e, ansiedade AND sistema nervoso autônomo. A busca foi realizada durante o mês de setembro de 2017, sendo incluídos artigos disponíveis na íntegra; em português e inglês e; publicados nos últimos 06 anos. Excluiu-se artigos que não fossem originais, teses, dissertações e monografias. Obteve-se um total de 10 artigos, nos quais observou-se que a ansiedade altera a resposta autonômica, assim quando o corpo entra em tensão, aumentase a frequência cardíaca, o predomínio do sistema simpático e no relaxamento ocorre o domínio parassimpático. Assim indivíduos portadores de ansiedade apresentam menor variação na frequência cardíaca e possuem uma capacidade menor de interação social. Com isto, evidencia-se uma baixa adaptação do sistema nervoso autônomo em casos de ansiedade, sendo que a variabilidade da frequência cardíaca encontra-se reduzida; condição esta que pode ser classificada como patológica.


Palavras-chave


frequência cardíaca; sistema nervoso autônomo; ansiedade

Texto completo:

PDF

Referências


Medeiros LA, Ramiro FMS, Lima CAA, Souza LMA, Fortes TMV, Groppo FC. Avaliação do grau de ansiedade dos pacientes antes de cirurgias orais menores. Rev Odontol UNESP. 2013;42(5):357-63. http://dx.doi.org/10.1590/S1807-25772013000500007

Lantyer AS, Varanda CC, Souza FG, Padovani RC, Viana MB. Ansiedade e qualidade de vida entre estudantes universitários ingressantes: avaliação e intervenção. Rev Bras Terapia Comp Cog. 2016;18(2):4-19.

Vanderlei LCM, Pastre CM, Hoshi RA, Carvalho TD, Godoy MF. Noções básicas de variabilidade da freqüência cardíaca e sua aplicabilidade clínica. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2009;24(2):205-17. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382009000200018

Santana MDR, Souza ACA, Abreu LC, Valenti VE. Association between oral variables and heart rate variability. Int Arch Med. 2013;6:49. http://dx.doi.org/10.1186/1755-7682-6-49

Silva JDA, Padovani RC, Viana MB. O emprego do Biofeedback como Estratégia de Manejo do Estresse e da Ansiedade em Atletas: um Ensaio Clínico. Rev Bras Terapia Comp Cog. 2016;18(3):17-29.

Alvares GA, Quintana DS, Kemp AH, Van Zwieten A, Balleine BW, Hickie IB, et al. Reduced heart rate variability in social anxiety disorder: associations with gender and symptom severity. PLoS One. 2013;8(7):e70468. http://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0070468

Chalmers JA, Heathers JAJ, Abbott MJ, Kemp AH, Quintana DS. Worry is associated with robust reductions in heart rate variability: a transdiagnostic study of anxiety psychopathology. BMC Psychol. 2016;4:32. http://dx.doi.org/10.1186/s40359-016-0138-z

Stratford T, Meara A, Psychotherapy MG, Lal S. Heart rate variability and the anxious client: cardiac autonomic and behavioral associations with therapeutic alliance. J Nerv Ment Dis. 2014;202(8):613-9. http://dx.doi.org/10.1097/NMD.0000000000000163

Suh S, Ellis RJ, Sollers JJ, Thayer JF, Yang HC, Emery CF. The effect of anxiety on heart rate variability, depression, and sleep in chronic obstructive pulmonary disease. J Psychosom Res. 2013;74(5):407-13. http://dx.doi.org/10.1016/j.jpsychores.2013.02.007

Chen HC, Yang CCH, Kuo TBJ, Su TP, Chou P. Cardiac vagal control and theoretical models of co-occurring depression and anxiety: A cross-sectional psychophysiological study of community elderly. BMC Psychiatry. 2012;12:93. https://dx.doi.org/10.1186/1471-244X-12-93

Wells R, Outhred T, Heathers JAJ, Quintana DS, Kemp AH. Matter over mind: a randomised-controlled trial of single-session biofeedback training on performance anxiety and heart rate variability in musicians. PLoS One. 2012;7(10):e46597. https://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0046597

Kemp AH, Quintana DS, Felmingham KL, Matthews S, Jelinek HF, Hashimoto K. Depression, comorbid anxiety disorders, and heart rate variability in physically healthy, unmedicated patients: implications for cardiovascular risk. PLoS One. 2012;7(2):e30777. https://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0030777

Sanchez-Gonzalez MA, Guzik P, May RW, Koutnik AP, Hughes R, Muniz S, et al. Trait anxiety mimics age-related cardiovascular autonomic modulation in young adults. J Hum Hypertens. 2015;29(4):274-80. https://dx.doi.org/10.1038/jhh.2014.72

Yu X, Zhang C, Zhang J. Causal interactions between the cerebral cortex and the autonomic nervous system. Sci China Life Sci. 2014;57(5):532-38. https://dx.doi.org/10.1007/s11427-014-4627-0

Griffiths KR, Quintana DS, Hermens DF, Spooner C, Tsang TW, Clarke S, et al. Sustained Attention and Heart Rate Variability in children and adolescents with ADHD. Biol Psychol. 2017;124;11-20. https://dx.doi.org/10.1016/j.biopsycho.2017.01.004




DOI: https://doi.org/10.7322/abcshs.v43i3.1092

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Giovanni Vieira Pinheiro, Eli Carlos Martiniano, Guilherme Correia Alcântara, José Ramon Alcântara da Silva, Maria do Socorro da Silva, Larissa Raylane Lucas Monteiro, Luana Bezerra Mangueira, Yasmim Mota de Moraes, Vitor Engrácia Valenti, Milana Drumond Ramos Santana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.